Sempre que choveu, parou

Da janela escuto. Da varanda espio. Encolhida. É junho, faz frio. O dia está tristemente belo. Chove.

As ruas estão desertas, banhadas pelo céu. Opaco e alvo, ele contrasta com a copa das árvores, que recebem a água com alegria. No contraluz, as gotas caem entortadas pelo vento gélido. Sem plano de voo, elas desabam sobre os esportistas na ciclovia, os trabalhadores apressados que saltam do ônibus, os transeuntes distraídos, os pássaros que seguem para o norte.

Reclusa, evito a chuva. A observo de longe, como fazemos com um ídolo, com um amor platônico. Mantemos distância. Respeito. Algum tipo de admiração. Por sua força. Sua vitalidade para a terra. Ou para nós.

Gota por gota, elas deslizam pelo vidro, se fundem e desfalecem.

A chuva se estatela sem medo sobre o pavimento num chiado. Ela se infiltra pela grama e atinge o coração do planeta. Ela renova e refaz.

Me rendo e me entrego à ela. Deixo a água molhar a testa, os cabelos. Acho graça da gota presa aos cílios. Homeopaticamente, sinto seu gosto delicado.

É só chuva.

Mesmo depois dos raios dizimarem as aldeias e as chuvas arrastarem os barracos, parou.

Parou quando a madrugada parecia vir abaixo, quando o horizonte sumiu de vista, o ar ficou espesso e leitoso como a neve… Quando as ruas viraram rios, o céu virou o pranto dos desesperados. Parou.

Parou ao cair da noite, quando nos acostumávamos com o som contínuo e aflito das gotas golpeando a superfície. Parou quando o mar, enfurecido, parecia se habituar à doce violação que vinha dos céus.

Parou depois que os amantes se encharcaram, e, inundados na própria paixão, nem se deram conta.

Parou com o despertar de mais um dia. Cansada de manter reféns enclausurados, parou para deixar a vida acontecer do lado de fora.

Parou involuntariamente, nublando o dia em represália.

Mas parou. A chuva parou. Sempre que choveu, parou.

Anúncios

Um pensamento sobre “Sempre que choveu, parou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s