da onde vem

no caminho, uma rima
tropeço
tenho matéria prima
transbordo

tecla atrás de tecla
dor atrás de dor
e assim devagarinho
dou luz a versos de amor

eles nascem frágeis
como pétala de flor
aos sentimentos, dão cor

o que há por detrás
das estrofes que molham
os olhos?

poesia é homeopatia
de literatura
anestésico
de coração
alimento de uma ilusão

construção
poesia é feito prédio
se ergue do nosso chão

poesia?
alma gritando
chorando
implorando
e dizendo que não

a girl_vintage_fashion_photography_hairstyle_inspiration_fumiko kawa_67

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s