não diga nada diga

não cabe tudo na palavra “tudo”
e “nada” tem quatro letras
e se
um sorriso abrisse janelas
e o grito, portas trancadas?

palavra pode dizer o que cala
e não dizer o que pretende
porque palavra é danada
adolescente destemperada

tem palavra que não chega
do coração à boca
porque se perde no caminho
tem palavra que morre na garganta
e ecoa no céu da boca
tímida e sozinha
e palavra que encontra o ar
só pra se mostrar

“eu te amo” nem sempre
é indie rock
com chopinho gelado
manhã de sol no mediterrâneo
pode ser sofá com tevê
sorvete no pote
“acende a luz que quero te ver”

se te amo
hás de saber
na palavra viva ou na palavra
que escondo
se esconde de nós
presa aos meus lábios
vem atrás dela

não importa a sequência das cartas
para o destino de um baralho

696886-bezique-card-game-in-progress-1958

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s